quarta-feira, 31 de agosto de 2011

NÃO " EXTINGUEIS " O ESPIRITO.


O GREENPEACE É UMA ORGANIZAÇÃO GLOBAL E INDEPENDENTE QUE ATUA PARA DEFENDER O MEIO-AMBIENTE E PROMOVER A PAZ, INSPIRANDO AS PESSOAS A MUDAREM ATITUDES E COMPORTAMENTO, EM SEU SITE O GREENPEACE, LISTOU ALGUNS ANIMAIS QUE ESTÃO COM RISCO DE EXTINÇÃO TAIS COMO, URSO POLAR, BALEIA FRANCA, TARTARUGA MARINHA, E O VEADO CAMPEIRO, MAS O QUE É EXTINÇÃO? ATO OU EFEITO DE "EXTINGUIR", EXTERMINAR, ANIQUILAR, E É ISTO QUE OS HOMENS ESTÃO FAZENDO COM OS ANIMAIS, PESSOAS QUE MATAM ESTES ANIMAIS TEM DENTRO DE SI UM INTERESSE, BUSCAM UM BENEFICIO PRÓPRIO, ALGUNS CASOS ENVOLVE VALORES FINANCEIROS, NO CASO DA MORTANDADE DE BALEIAS, SE EXTRAI UM LUCRO MUITO GRANDE COMO ÓLEOS E TAMBÉM SUA CARNE, COM ISTO ESTES ANIMAIS VÃO SE "EXTINGUINDO", SUMINDO DO MEIO AMBIENTE E DAS NOSSAS VISTAS. QUANDO O APÓSTOLO PAULO REGISTRA ESTA RECOMENDAÇÃO AOS IRMÃOS DA IGREJA NA CIDADE DE TESSALÔNICA, ELE DIZ NA 1ª CARTA A ESTES IRMÃOS ( 1º TESS.5.19)" NÃO APAGUEIS O ESPIRITO" É UMA AFIRMAÇÃO NEGATIVA DE "NÃO". DA MESMA MANEIRA PAULO RECOMENDA A TIMÓTEO A NÃO SE FAZER NEGLIGENTE COM O DOM QUE HAVIA NELE ( 1º TIM.4.14) DESPREZO E REJEIÇÃO AO ESPIRITO SANTO, OU REPRIMIR O USO CORRETO E ORDENADO DOS DONS DO ESPIRITO SANTO, FAZEM COM QUE ELE SEJA "EXTINTO", DA MESMA MANEIRA NEGLIGENCIAR A ORAÇÃO, SIGNIFICA EVITAR O CONTATO COM O ESPIRITO SANTO, "EXTINGUE-SE" O ESPIRITO SANTO QUANDO SE REJEITA O PODER QUE DINAMIZA O CRISTÃO A FAZER A OBRA DE DEUS, NÃO TENDO ESTE PODER COMO IREMOS REALIZAR SUA OBRA ? SANSÃO QUERIA FAZER SEU TRABALHO, QUANDO A MUITO JÁ NÃO TINHA MAIS A ESSÊNCIA DO ESPIRITO, SUAS ATITUDES FIZERAM COM QUE O ESPIRITO SANTO FOSSE "EXTINTO". UMA VIDA DE ATIVISMO NA IGREJA NÃO SUBSTITUIU A PRESENÇA DO ESPIRITO SANTO, QUANDO JESUS VISITAVA A CASA DAS DUAS IRMÃS LA EM BETÂNIA, MARTA ANDAVA DE UM LADO PARA OUTRO, CORRIA PRA LÁ, FAZIA ISTO E AQUILO, E NÃO SE DAVA CONTA QUE JESUS ESTAVA ALI TÃO PERTO DELA (ATIVISMO) JÁ A IRMÃ MARIA PROSTRADA ESTAVA AOS PÉS DE JESUS APROVEITANDO TODOS OS MOMENTOS, NOSSA VIDA CORRIDA NA IGREJA NÃO SUBSTITUÍ POR MOMENTOS AOS PÉS DELE. A "EXTINÇÃO" DAS OPERAÇÕES DO ESPIRITO SANTO NA VIDA DA IGREJA, QUANDO NÃO É LETAL, A ADOECE, E DEBILITA SEM QUE NINGUÉM PERCEBA, SEMPRE QUE FOR DETECTADO A FALTA DE OPERAÇÃO DO ESPIRITO SANTO EM NOSSO MEIO DEVEMOS CLAMAR POR UM AVIVAMENTO ESPIRITUAL ( APOC. 3.14 A 22) POIS A "EXTINÇÃO" LEVA A IGREJA A MORNIDÃO ESPIRITUAL, QUANDO SE PERDE O 1º AMOR "EXTINGUIMOS" OU APAGAMOS DE NOSSAS VIDAS O ESPIRITO SANTO. APOC. 2.4 AMIGO LEITOR SEJA UM INSTRUMENTO PARA EVIDENCIAR CADA VEZ MAIS AS AÇÕES DO ESPIRITO SANTO NO SEIO DA IGREJA, E JAMAIS SENDO UM COLABORADOR PARA "EXTINGUI-LO". PR. CLÁUDIO GRABOWSKY - PANAMBI. RS


terça-feira, 16 de agosto de 2011

MENTIR AO ESPIRITO SANTO. 1ª PARTE


Disse então Pedro: Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo, e retivesses parte do preço da herdade? Mas um certo homem chamado Ananias, com Safira, sua mulher, vendeu uma propriedade,E reteve parte do preço, sabendo-o também sua mulher; e, levando uma parte, a depositou aos pés dos apóstolos. A MENTIRA ao Espirito Santo esta categoricamente exemplificada nesta passagem em que Pedro pelo Espirito Santo denuncia a MENTIRA de Ananias e Safira. Toda a origem desta MENTIRA vem de uma coração estar vazio, veja o que Pedro disse a Ananias; Porque Satanás " encheu " teu coração, eis ai o perigo de estar vazios, seria por isto que então Paulo nos recomenda em sua carta aos Efésios..." enchei-vos do Espirito." Qual seria o sentido da palavra MENTIRA, mentir é contar uma falsidade como se fosse uma verdade, Ananias e Safira ensaiaram esta MENTIRA em casa até chegarem diante do Apóstolo. Na verdade eles queriam transmitir uma idéia que haviam dado tudo, primeiro veio uma tentação, segundo veio a avareza, terceiro veio orgulho, e por fim a MENTIRA. quais seriam os motivos para acontecer a MENTIRA ? Um dos principais sem sombra de duvida é a falta de oração, não orar significa evitar o contato com Espirito Santo, a ausência da oração na vida do crente é um dos mais claros e evidentes motivos de deficiência em sua vida espiritual, e onde existe esta deficiência tudo se torna difícil, é difícil cooperar, é difícil tirar uma escala , é difícil dizimar, é difícil fazer uma visita. Oséias 4.2 diz: " Só permanecem o perjurar, o MENTIR, o matar, o furtar e o adulterar; fazem violência, um ato sanguinário segue imediatamente a outro." Quando existe ainda a MENTIRA, a filiação é outra:" Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere MENTIRA, fala do que lhe é próprio, porque é MENTIROSO, e pai da MENTIRA. Amado leitor não vamos deixar que este mesmo mal, que atingiu nossos irmãos da Igreja primitiva, nos alcançe, e venha a destruir o andamento da obra de Deus, peça a ele que lhe de vitória nesta área. ( continua na próxima semana ) Pr. Cláudio Grabowsky - Panambi. RS

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

O que é a blasfêmia contra o Espírito Santo?"


A questão da “blasfêmia contra o Espírito” no Novo Testamento é mencionada em Marcos 3:22-30 e Mateus 12:22-32. O termo blasfêmia pode ser geralmente definido como “irreverência desafiante”. Aplicaríamos o termo a pecados como amaldiçoar a Deus, ou, propositadamente, degradar coisas relativas a Deus. Também o é atribuir mal a Deus, ou negar atribuir-lhe algum bem devido. Este caso de blasfêmia, entretanto, é específico, chamado de “A Blasfêmia contra o Espírito Santo” em Mateus 12:31. Em Mateus 12:31-32, os Fariseus, tendo testemunhado provas irrefutáveis que Jesus fazia milagres no poder do Espírito Santo, afirmaram que, ao contrário, o Senhor estava possuído pelo demônio “Belzebu” (Mateus 12:24). Note que em Marcos 3:30 Jesus é muito específico a respeito do que exatamente eles fizeram para cometer a “blasfêmia contra o Espírito Santo”.
Esta blasfêmia tem a ver com alguém acusando Jesus Cristo de ser possuído por demônios ao invés de estar cheio do Espírito. Há outras maneiras de blasfemar contra o Espírito Santo, mas esta foi “A” blasfêmia imperdoável. Como resultado, a blasfêmia contra o Espírito Santo não pode acontecer hoje. Jesus Cristo não está sobre a terra, mas assentado ao lado direito de Deus. Ninguém pode testemunhar que Jesus Cristo esteja fazendo um milagre e atribuir este poder a Satanás ao invés do Espírito. Apesar de não haver blasfêmia do Espírito hoje, devemos sempre lembrar que há um estado de existência imperdoável: o estado de incredulidade. Não há perdão para alguém que morre em incredulidade. A contínua rejeição às exortações a crer em Jesus Cristo é a blasfêmia imperdoável. Lembre-se do que foi dito em João 3:16: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. A única condição na qual alguém não pode ter perdão é se esse alguém não estiver entre “todo aquele que nele crê”. Quando os acusadores de Jesus o acusaram de expelir demônios pelo diabo, mostraram uma profunda dureza de coração. Assim como o homem falou e viu, assim os inimigos viram o Espírito expelir demônios e falaram contra ele. Estavam tão empedernidos contra a verdade que podiam realmente testemunhar os maravilhosos milagres e santidade de Jesus e, ainda assim, acusá-lo, sem hesitar, de estar aliado ao diabo. Eles estavam extremamente cegos e corrompidos. Enquanto outras blasfêmias podiam ser perdoadas, a blasfêmia deles contra Jesus demonstrava um grau de dureza espiritual que poderia tornar impossível para eles o arrependerem-se. O problema aqui é o problema deles, não de Deus. Deus tem capacidade ilimitada para perdoar a qualquer que o busque, mas estas pessoas não tinham coração para buscá-lo. Portanto, eles nunca seriam perdoados.Considere três pensamentos práticos. Primeiro, Jesus demonstrou uma admirável capacidade para superar objeções. Ele calmamente respondeu a cada acusação e combinou a resposta com um importante ensinamento. Ele nunca ficava frustrado, mas sempre respondia perfeitamente. Segundo, ver milagres não mudava os inimigos de Jesus. Eles eram incorrigíveis. Nós também podemos desenvolver corações endurecidos. Hoje, alguns pensam que creriam se apenas pudessem ver Jesus vivo fisicamente na terra, novamente, e testemunhar alguma grande demonstração de poder. Estes o viram, mas isso não teve efeito. O fato que muitos hoje recusam Jesus é por causa de seus corações endurecidos, não por causa de evidência insuficiente. Finalmente, considere a importância das coisas que dizemos. Somos responsáveis por nossas palavras e atos. O que dizemos e fazemos reflete nossa verdadeira natureza. Não há nada que saia de nossa boca que não estivesse antes em nossa mente. Precisamos vigiar nossa língua... e nosso coração.Pr. Cláudio Grabowsky - Panambi. rs