sexta-feira, 29 de abril de 2016

EXISTE CÉU?

                           
Disse Jesus: "Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar." João 14.2 Existe céu? Qual é a prova de sua existência? Jesus falou aos discípulos: “na casa de meu Pai há muitas moradas... e quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei..., para que, onde eu estou, estejais vós também” (Jo 14.2,3). Cristo, então, deixou um sinal para que eles soubessem que ele havia chegado no céu: “eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, a fim de que esteja para sempre convosco, o Espírito da verdade que o mundo não pode receber” (14.16,17). Ele pediu que os crentes esperassem o cumprimento da promessa em Jerusalém (Lc 24.47). Posteriormente, Jesus foi crucificado, ressuscitou e, quarenta dias após, subiu aos céus à vista de 500 pessoas. Em obediência às palavras de Cristo, os discípulos ficaram esperando a descida do Espírito, o que comprovaria a chegada de Jesus no céu. Dez dias após, no dia de Pentecostes, veio do céu um som, como de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam assentados. “E apareceram, distribuídas entre eles, línguas, como de fogo, e pousou uma sobre cada um deles. E todos ficaram cheios do Espírito Santo e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem” (At 2.3,4). Aleluia! Era a prova de que céu existe e que um dia iremos morar lá. Esse milagre continua acontecendo. Milhares de crentes, ainda hoje, recebem o milagre do batismo com o Espírito Santo e começam a falar em línguas não ensinadas por homens, mas por Deus. Experimente, você também, esse milagre. Jesus Cristo salva, cura e batiza com o Espírito Santo. Pr. Cláudio Grabowsky. Parobé. RS

segunda-feira, 18 de abril de 2016

OS MORTOS SE LEMBRAM DO LADO DE CÁ?

                                   
Quando abatida está a minha alma, a tua palavra, oh Senhor, me vivifica. Salmos 119.25  Será que, depois da morte, a pessoa se lembra de quem está vivo? Nas coisas relativas à vida após a morte, somente a palavra de Jesus tem valor, pois só ele morreu e ressuscitou e, assim, pode dizer o que tem do lado de lá. Pois Jesus contou que certo homem, estando em tormento no inferno, lembrou-se de seus irmãos aqui na terra e pediu que Deus enviasse alguém para lhes avisar do inferno, a fim de que não fossem para lá também (Lucas 16.27,28). Foi-lhe respondido que seus irmãos já tinham a Bíblia e que essa é a forma que Deus escolheu para falar com os seres humanos. Vemos, então, que os mortos se lembram de nós. Mas não podem fazer nada pelos que estão por aqui, ainda que queiram. O nosso futuro após a morte é decidido exclusivamente pelo relacionamento que escolhemos ter com Deus aqui, em vida. Aí está a Bíblia ensinando como deve ser esse relacionamento. Cabe a cada um de nós decidir o que fará com ela. Para os que nela crêem e a seguem, a certeza é a salvação (Marcos 16. 15,16). Eu já decidi. Eu creio e a sigo. E você? Visite uma de nossas igreja, acessando o site http://www.restauramundo.com/ e saiba qual congregação esta mais perto de você. Pr. Cláudio Grabowsky. Parobé. RS