segunda-feira, 31 de outubro de 2016

LINGUA UM PEQUENO FÓSFORO. Parte 2.

             

 E houve contenda entre os pastores do gado de Abrão e os pastores do gado de Ló; e os cananeus e os perizeus habitavam então na terra. E disse Abrão a Ló: Ora, não haja contenda entre mim e ti, e entre os meus pastores e os teus pastores, porque somos irmãos. Gênesis 13:7,8 A contenda é uma cerca de espinhos que afasta as pessoas umas das outras, suscitando iras e inimizade, e isto pode interferir no plano de Deus, mesmo havendo um certo sentimentalismo. Deus disse: "Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei." Gênesis 12:1 Sua obediência foi em parte, não estava dentro daquilo que Deus havia lhe falado. Ló era dominado por ambições materiais, e naquele momento havia pouco espaço para os dois ficarem juntos. Nossos sentimentos não podem interferir os planos de Deus. Deus havia dado espaço para Abraão, "E não tinha capacidade a terra para poderem habitar juntos; porque os seus bens eram muitos; de maneira que não podiam habitar juntos. Gênesis 13:6 Porém os parentes e familiares que lhe acompanhavam estavam gerindo problemas que se ele não soubesse administrar poria sua chamada em perigo. As contendas geradas por "espaços" podem gerar separações, " Porque a respeito de vós, irmãos meus, me foi comunicado pelos da família de Cloé que há contendas entre vós." 1 Coríntios 1:11 Estes espaços podemos caracterizar como coral, na musica, na escala de obreiros, se o meu nome não estiver, se eu não estiver, se não haver o meu espaço poderá dar problemas. Abraão tinha que se controlar, manter domínio próprio, frear sua linguá porque poderia por tudo a perder. Perceba-se que o efeito contagioso começa la no campo com os pastores, la no campo onde os auxiliares estavam trabalhando com os animais, e veio estourar na liderança, se os lideres não souberem controlar-se poem fogo em tudo. Mas la estava Abraão nosso pai na fé, que sabiamente chama seu sobrinho e diz: "Ora, não haja contenda entre mim e ti, e entre os meus pastores e os teus pastores, porque somos irmãos. Não está toda a terra diante de ti? Eia, pois, aparta-te de mim; e se escolheres a esquerda, irei para a direita; e se a direita escolheres, eu irei para a esquerda. Gênesis 13:8,9 Abraão percebeu que a raiz de tudo aquilo era a cobiça, avareza, e egoismo, e se alguém não mantivesse domínio próprio e equilíbrio poria fogo em todo o bosque, então foi isto que o pai da fé fez. As obras da carne em Ló neutralizaram o respeito para com seu tio, ele não viu a chamada de Deus naquele que era mais velho, ele não consegui dominar-se em sua altivez de espirito. "Como o soltar das águas é o início da contenda, assim, antes que sejas envolvido afasta-te da questão." Provérbios 17:14 Diante de qualquer situação não deixe que a linguá este pequeno fosforo ponha tudo a perder, traga desavença, crie atrito e guerras, controle sua linguá. Pr. Cláudio Grabowsky. Parobé. RS

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

O MUNDO "JAZ" NO MALIGNO.

                           
Uma pesquisa global realizada recentemente pelo instituto Pew Research Center http://www.origemedestino.org.br revelou que o numero de cristões no mundo caiu de 35% para 32% isto se referindo a proporções, Europa e America apontaram queda. Por outro lado, a religião apresentou um crescimento altamente significativo na África. Lendo este artigo e conferindo com outros meios de comunicação, no que diz respeito a veracidade do assunto, me veio uma pergunta, mas porque os cristões estão diminuindo? Porque esta diferença? O que estaria acontecendo? Porque a diminuição deste percentual? Enfim varias perguntas surgiram neste momento. Rapidamente fui para Bíblia, unica regra de fé para o cristão, e bússola diante de uma tempestade de números. " Sabemos que somos de Deus, e que o mundo inteiro jaz no Maligno." 1 João 5.19 Depois de ler este versículo, fui para os dicionários, para ter uma melhor extensão e ampliar sobre o que significava a palavra "JAZ". E encontrei o seguinte: Estar deitado, estendido, no chão ou em leito, estar morto, ou como morto; estar sepultado, inumado, estar imóvel, sereno, quieto, tranqüilo. Um pouco ja sabia da referida palavra, mas não tão profunda assim, Pude recapitular algumas lições da Escola Bíblica (Carne: Inimiga a ser vencida https://www.ramodavideira.com.br/?secao=detalhes&prod=1700que o presente mundo onde vivemos é um imenso e belo jardim feito exclusivamente para a carne. De igual forma, o diabo, para cada prazer possível, oferece algo no seu jardim para que o homem, busque satisfazer seu apetite sensual. Qual é o jardim diabólico? É o mundo. Assim todas as pessoas que andam, e se moldam com este sistema, logo são sugados por ele, aqui vimos o porque os números estão baixando. Cada vez mais o mundo seduzindo aqueles que estão dentro das igrejas,  tornando-se para estes cada vez mais difícil de obedecer na integra a palavra de Deus. assemelhando-se e dando as mãos ao mundo. Logo este numero sofre um baixa, e estas pessoas evadem-se para este sistema. Amar o mundo pode-nos fazer morrer espiritualmente, "Não ameis o mundo, nem o que há no mundo. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não vem do Pai, mas sim do mundo. 1 João 2:15,16 Eis o grande perigo de amar, e ser morto por este amor, aquele que ama o mundo recebe esta retribuição... A MORTE. Assim a carne é a conexão com o mundo e isto precisa ser mortificado, " Porque se viverdes segundo a carne, haveis de morrer; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis. Romanos 8:13 . Você tem a escolha de viver, ou morrer! Pr. Cláudio Grabowsky. Parobé. RS

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

LINGUA, FONTE DE ÁGUA DOCE E AMARGA. 1ª Parte

A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto. Provérbios 18:21 Deus estaria preocupado com as palavras que sai de nossa boca,  uma porque elas podem nos conduzir para uma eternidade com Deus, ou sem ele, também porque elas produzem alguns resultados em nossa volta, muitas pessoas imaginam que podem falar o que quiserem não sabendo que prejudicam a si mesmo e a outros que os ouvem. O texto áureo deste Postagem, diz que a morte e a vida estão no poder da língua, e os que a amam comerão do seu fruto. Se amam a água doce e cristalina que sai dela comerão seus frutos, se amam a água amarga, salgada e suja que sai dela comerão os seus respectivos frutos. A língua é capaz  do louvor mais excelso, mais alegre, e mais adorador que se pode tirar. Também é capaz de produzir crueldade e mais devastadora. Multidões de pessoas estão matando outras e sendo mortas pela linguá, precisamos nos dar conta da grandeza de nossas palavras. "Assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei." Isaías 55:11 Aquilo que falamos pode gerar coisas boas e coisas más. Ficamos nos conhecendo, falando e ouvindo, e este falar reflete o caráter desta pessoa, quem é ela, pois o caráter se revela no falar, logo sabe-se se é cristão ou não. Nosso falar evidencia se genuinamente somos cristões. "Mas ele o negou outra vez. E pouco depois os que ali estavam disseram outra vez a Pedro: Verdadeiramente tu és um deles, porque és também galileu, e tua fala é semelhante a deles." Marcos 14:70 Nosso falar evidencia que somos cristões, nosso falar evidencia a maturidade do cristão, e nosso falar evidencia nossa qualificação para ensinar. O caráter de uma pessoa reflete-se no seu falar, e determina se haverá beneficio para ela, assim como para os que a cercam. "O que guarda a sua boca conserva a sua alma, mas o que abre muito os seus lábios se destrói." Provérbios 13.3  Pr. Cláudio Grabowsky. Parobé. RS