terça-feira, 21 de abril de 2015

ABRE TU MEUS OLHOS, E VEREI TUAS MARAVILHAS !

                                         

Abre tu os meus olhos, para que veja as maravilhas da tua lei. Salmos 119:18 Ao lermos a Bíblia sagrada nos deparamos com muitas coisas que jamais pensaríamos encontra-las, na verdade ela é um tesouro que precisa ser descoberto, nelas encontramos varias coisas ocultas, assim como na natureza, nos nossos semelhantes,  sempre existira novidades a serem descobertas, porém as coisas da Bíblia são ocultas por causa da cegueira do homem, no texto acima citado do livro de Salmos, percebemos a  tristeza de um homem cego dizendo: " Abre meus olhos, não posso ver ", tenho olhos e não enxergo. Essa é a dor maior, ter olhos e não ver.  "Trazei o povo cego, que tem olhos; e os surdos, que têm ouvidos." Isaías 43:8 A convicção do cego: Para que eu veja as tuas maravilhas. Existem muitas maravilhas ai para serem vistas, o término do pecado, o inferno como um deserto, um perdão perfeito, o amor de Deus, a graça, o céu... Não são maravilhas que poderíamos ver ? A sabedoria do homem cego: " O defeito esta em mim, nos meus olhos." Abra meus olhos e tudo estará bem, a razão de não ver, é que os olhos são cegos pelo pecado. "Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus." 2 Coríntios 4:4 A oração do homem cego: " Abre meus olhos". Eu não posso abri-los, meus amigos não podem, muitos buscam parar de orar assim, entretanto devemos ser como Bartimeu, o filho de Timeu, registrado em Marco 10.46 que dizia: "E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele clamava cada vez mais: Filho de Davi! tem misericórdia de mim." Clamava ainda mais alto para que pudesse ver. A alegria pessoal do curado: Até aqui vi pelos olhos dos outros, não quero depender de outros olhos, existe um grande perigo de andarmos pelos olhos dos outros, ser guiados por terceiros. "Deixai-os; são cegos condutores de cegos. Ora, se um cego guiar outro cego, ambos cairão na cova." Mateus 15:14 Nosso irmão Jó no capitulo 19.27 do mesmo livro que leva o seu nome disse: Vê-lo-ei, por mim mesmo, e os meus olhos, e não outros o contemplarão; e por isso os meus rins se consomem no meu interior." Esta oração deve ser feita todas as vezes que abrirmos a Bíblia sagrada, para que possamos entende-la. "Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas." Apocalipse 3:18 Pr. Cláudio Grabowsky - Parobé. RS

segunda-feira, 13 de abril de 2015

FAZE-TE AO MAR ALTO... MAIS PROFUNDIDADE QUERO.


E, quando acabou de falar, disse a Simão: Faze-te ao mar alto, e lançai as vossas redes para pescar. E, respondendo Simão, disse-lhe: Mestre, havendo trabalhado toda a noite, nada apanhamos; mas, sobre a tua palavra, lançarei a rede.Lucas 5:4-5 Este relato bíblico  é uma lição que Jesus estava dando aos seus discípulos, pois logo após eles fariam algo superior, algo maior, seriam pescadores de homens ( vers.10 ) Era de manha cedo, eles haviam retornado de uma pescaria estes discípulos haviam desembarcados de seus barcos, aqui vimos o primeiro erro pelo qual esta pescaria havia dado errado, descer do barco quer dizer deixar a vontade de Deus, nesta passagem o barco representa o centro da vontade de Deus, significa abandono, afastamento do querer de Deus, fora do barco deixamos de ir onde ele quer que nós vá, fora do barco deixamos de ir aonde ele vai nos exaltar, segundo ponto que gostaríamos de salientar é que eles estavam lavando as redes, pois trabalharam a noite toda e não haviam pescado nada, por certo estas redes estavam sujas, cheias de galhos, plásticos, algas, materiais que são jogados dentro dos rios e lagos, e que impediam de pegar peixes. É necessário que as redes estejam limpas, vida limpa, testemunho limpo, caráter limpo, e acima de tudo ferramenta limpa, pois estas redes eram o material que eles trabalhavam, era o que eles usavam, assim como os dons que Deus nos dá para trabalhar no seu reino. "O ferreiro, com a tenaz, trabalha nas brasas, e o forma com martelos, e o lavra com a força do seu braço; ele tem fome e a sua força enfraquece, e não bebe água, e desfalece." Isaías 44:12 Como eles iriam pescar mais, se estavam lavando as redes e guardando ? Como vamos fazer mais pela obra de Deus se não usarmos aquilo que o senhor nos confiou ? No versículo 3 Jesus  pede a embarcação de Simão Pedro emprestada para anunciar o reino de Deus aqui na terra, pois a multidão o apertava e este foi o meio que Jesus usou para divulgar o evangelho naquele momento, aqui surge mais um ponto negativo desta pescaria é que Jesus não estava dentro deste barco. Após Jesus anunciar a palavra para aquela multidão, dirige a palavra a simão e diz: Faze-te ao mar alto, e lançai as vossas redes para pescar. Lucas 5:4  Entendeu ? Ele disse meio do mar,  não a beirinha, o mestre queria ter um particular com aqueles pescadores, um asós, mar alto quer dizer intimidade, profundidade, até porque para que eles pudessem pescar peixes grandes não seria na orla, na beirinha. Peixes grandes estão la na profundidade. Afaste-se de tudo aquilo que te distancia de Deus, muitas igreja, lideres, obreiros, estão só no raso, na beira, na orla, ele te diz: "Faze-te ao mar alto." Indo ao mar alto faremos como o profeta Ezequiel no capitulo 47 , ele não se contentou  com que as águas ficassem somente nos artelhos, ele foi mais fundo.  Pr. Cláudio Grabowsky . Parobé. RS